Universo Infantil

23 abr 2016

I want to be a part of it – New York Lista do que fazer #3

Post por Giselle Rôças às 11:08 em Giselle Rôças, Sem categoria, Universo Infantil, Viagens

E na continuação da nossa jornada por Nova Iorque, retomo as sugestões de locais para passear e conhecer, com mais uma listinha. Reforço que ela segue não por prioridade de visitação ou estrelinhas, mas por simples lembrança minha. Para saber as dicas anteriores basta dar uma passadinha pelos post 1 e post 2.

  1. MOMA Museum é espetacular. Além das obras de artes, a arquitetura e os jardins valem a visita por si só. Lá também tem um espacinho para as crianças aprenderem sobre arte moderna. Nos workshops do MOMA eles se divertem muito, colocando a mão na massa.
moma

Oficina no MOMA

moma 1

Arte e comportamento em museu se aprende desde pequeno

2. Jardins suspensos ou High Line é outro lugar que merece um passeio no final de tarde. Leve um sanduíche, sente e curta a paisagem. Hora de relax, além de nos fazer pensar numa urbanismo mais integrado com a paisagem natural de uma cidade.… Leia Mais...

21 abr 2016

I wanna wake up in that city – Lista do que fazer em Nova Iorque #2

Post por Giselle Rôças às 09:15 em Cultura, Educação, Giselle Rôças, Universo Infantil, Viagens

Voltando para o segundo post, posso começá-lo dizendo que a cidade dorme. Assim, cuidado! Não vá achando que encontrará tudo aberto 24×7, porque a banda toca de forma diferente. Os restaurantes fecham, ficam abertas as delis. O metro funciona, mas em horários reduzidos. Enfim, como em qualquer cidade grande.

Pensei num top 10 da cidade, mas acho que dará mais do que isso. Então vamos começar. E a ordem é por lembrança. Nada tem haver com prioridade ou gosto.

  1. Central Park – Há várias atividades, passeios e atrações. Cheque antes o mapa e decida o que quer fazer. A pé, correndo, de carro, de charrete, de bicicleta. Escolha e vá. Lá tem o Strawberry Fields, um memorial em homenagem ao John Lennon, que fica de frente para o Dakota Building, onde o cantor vivia e foi assassinado. Nada de baixa astral. O lugar é super convidativo. E nesse clima de expectativas de um mundo melhor, não custa lembrar dele.
Leia Mais...
20 abr 2016

Start spreading the news – Dicas sobre Nova Iorque #1

Post por Giselle Rôças às 07:53 em Giselle Rôças, Universo Infantil, Viagens

Não tenho como começar esse post sem deixar claro que NOVA IORQUE é a cidade que mais amo! Sim! Sem medo de  ser feliz. Lá sou uma desconhecida. Aqui também rsrsrrs, mas lá a sensação de anonimato e de grandiosidade é ainda maior. Por conta das viagens de estudo/trabalho sempre que posso paro alguns diazinhos. Assim, já fiz a cidade sozinha, com amigos, com marido e com filha. E se me convidarem volto de novo. Tantas e quantas vezes.

Esse post está saindo por causa da Lucia, que está se preparando para uma incursão nessa cidade grande.

Vasculhando na memória achei fotos, lembranças, paladares e cheiros, sons. E que tal um bom novaiorquino de coração para nos acompanhar?

O post será comprido, pois Lucia me deu uma tarefa: ajudá-la a escolher o que fazer por lá. Isso é quase impossível para mim. Assim separo-os em duas seções: Dicas (post 1) e Passeios (posts 2 e 3).… Leia Mais...

12 abr 2016

A conta será alta.

Post por Giselle Rôças às 09:00 em Educação, Giselle Rôças, Responsabilidade, Universo Infantil

Esse final de semana pensei sobre algumas coisas. São pensamentos recorrentes. Pensei nas crianças crescendo. Nas ansiedades com os aprendizados. Nas brincadeiras. Nas suas histórias. Na repetição dos ciclos. Dai busquei na minha memória quais eram minhas preocupações infantis. Confesso não lembrar de uma única. Porque não existiram? Claro que elas estavam lá, mas eram “coisas de criança” e com o tempo elas ficaram esquecidas.

Mas será que isso acontecerá com nossas crianças? Não tenho tanta certeza. As crianças da última década ganharam mais responsabilidade socioambiental. Hã!? Como assim?

Exatamente. Elas se preocupam desde cedo com o futuro do mundo. Com as gerações futuras. Com o desenvolvimento sustentável. Com a igualdade social – ou com a falta dela. Com a falta de água. Com as guerras. Com tantas preocupações, que não tive quando pequena. Coisas que sequer pensei a respeito, a ponto de me intrigar e provocar um questionamento: O QUE ESTAMOS FAZENDO COM ELES?… Leia Mais...

05 abr 2016

Cada um é cada um, no seu cada qual – porque insistir na caligrafia?

Post por Giselle Rôças às 15:26 em Educação, Giselle Rôças, Maternidade, Universo Infantil

Todo mundo compara todo mundo. Nunca entendi o motivo. Cada um é cada um, no seu cada qual. Regra de ouro!!

Crianças aprendem de formas diferenciadas e em momentos diferenciados. Adultos também. Afinal estamos em constante aprendizado. Mesmo assim, me deparo constantemente com alguém reclamando da criança que não faz mais caligrafia hoje em dia. E me pergunto por quê?

A letra cursiva, ou a letra redondinha de mão dadas, bonitinha, significa muito pouco. Hoje e sempre. Enfatizo isso, pois atualmente temos PDAs, computadores, touchscreen, IPADs, Iphones com reconhecimento de voz, siri e tantos outros recursos, que escrever a mão é o de menos.

Não faço aqui qualquer apologia a abolição da escrita manual, mas rogo que as pessoas coloquem esse habilidade em perspectiva. Principalmente ao compararem crianças. O preparo da musculatura é fundamental nesse processo, e para tal, a criança precisa ter treinado isso em casa ou num BOM jardim de infância.… Leia Mais...