15 jul 2014

Vendinhas

Post por Lucia Laureano às 00:01 em Festas, Lucia Laureano

Uma das marcas da vida moderna é consumismo. Sim, mesmo que não sejamos tão consumistas assim, a mídia nos leva a comprar demais. Compramos mais do que precisamos, compramos, até mesmo, mais do que queremos. Nossas casas, muitas vezes nem tão grandes assim, já não comportam tantas coisas, principalmente as famílias como a minha, que tem crianças. São tantas roupas, brinquedos e coisinhas de festa, que não há armário suficiente para guardar tudo isso.

É por isso e por muito mais, que resolvi desapegar! Na verdade quem resolveu desapegar primeiro foi a Pri, que descobriu o grupo do Vendinhas no Facebook. O Vendinhas é um grupo fechado, onde mais de 8.000 mães compram e vendem o que não cabe ou não interessa mais aos seus pimpolhos. Pode haver opção mais sustentável que essa?

Inicialmente pode até parecer complicado, você pode até achar que não tem tino para as vendas, mas eu garanto que dá certo.… Leia Mais...

14 jul 2014

Festa Dinossauros – participação criativa As Arteiras

Post por Rafaela Schwan às 13:49 em Convidados, Festas, Handmade, Rafaela Schwan

Nós amamos festas! Estamos sempre atrás de novidades para os nossos pequenos, pois adoramos colocar a mão na massa! Vejam algumas das nossas artes aqui.

Há um tempo atrás apresentamos nossas amigas As Arteiras, no post da festa Alice no país das maravilhas. Que ficou linda por sinal!

Elas voltaram! Com dicas especiais para montar a festa de dinossauros. Preparados? Vamos lá!

m__WRS (112)

“A festa de 4 anos do Miguel foi um tremendo desafio pra nossa criatividade arteira! Uma festa que duraria uma tarde inteira, ao ar livre, em um lindo sitio em Guapimirim, cheio de área útil pra decoração. Começamos a criação pelo convite: um biscoito com uma pata de dinossauro e o mapa de localização da festa e a inscrição: siga as pegadas! Foi um sucesso!

O tema dinossauros nos limitava a uma paleta de cores meio lugar comum: verde, laranja, amarelo ovo e marrom, mas ela se encaixou bem com todo o verde que existia no local.… Leia Mais...

11 jul 2014

Olhe no espelho e veja!

Post por VeronicaCobas às 07:11 em Crônicas, Verônica Cobas

Se o amor tivesse forma, que forma teria o amor? Que jeito, que cor, que tamanho? Que medos e angústias teria o amor? Que desejos e manias? Que pequenas maldades ou muitos ciúmes teria o amor? Certamente, tudo aquilo que somos, que carregamos, que construímos e destruímos através da vida. O que conquistamos e o que dispensamos. Tudo o que apagamos com a água fria das palavras tortas e muito do que aquecemos com a tépida força das expressões doces.

O amor somos nós, somos eu e você. Somos todos juntos e cada um individualmente, com suas diferenças que alimentam as formas de amar por tantas vertentes e caminhos sinuosos. Não importa muito se é um amor bom ou um amor ruim, se é um amor que soma ou subtrai. Se é amor, se há amor sempre haverá a porta aberta, a chance única de entrar, ainda que seja preciso tirar os sapatos para começar tudo sem as pequenas ou grandes impurezas que trazemos coladas conosco.… Leia Mais...

04 jul 2014

Melhor ousar do que se iludir

Post por VeronicaCobas às 08:31 em Crônicas, Verônica Cobas

Uma das bobagens mais deliciosas da experiência humana é afirmar que não se mente. Pronto, já provou a bobagem. Está mentindo. Porque mentir não quer dizer, necessariamente, enganar a alguém. A maior parte das vezes significa a viagem na direção da ilusão, daquele mundo ou daqueles mundos paralelos que construímos e derrubamos e construímos novamente no subconsciente, e onde podemos ser aquilo que não somos na vida real consciente: onipotentes e oniscientes imperadores de um mundo feito à razão e semelhança do nosso prazer.

Mas é que a vida cronológica, dos anos que passam e dos sinais que refletem o passar dos anos em nossas trajetórias, acontecem aqui, do lado de fora, no mundo da consciência. E é, conscientemente, que mentimos. São pequeninas mentiras, aquela observação que  só quer ser gentil e não interpretativa, aquele até logo que quer dizer nunca mais, aquele “gostei” que inspira náuseas. São grandes mentiras, como traçar deliberadamente para alguém um alguém que não se é, pelo menos conscientemente.… Leia Mais...

02 jul 2014

Baú Verde – Vem conhecer essa ideia e ainda ganhar presente!

Post por Priscila às 01:00 em Maternidade, Priscila Resende, publieditorial, Universo Infantil

Se você tem filhos, sobrinhos ou netos esse post é pra você!

Já percebeu como seres tão pequenos têm o poder de ocuparem tanto espaço?! É tanto brinquedo, tanto acessório, tanta tralha em casa!!

E o desperdício?! Quantas vezes comprei brinquedos que eles tanto pediram e em duas semanas o objeto de desejo passou a ser esquecido?! Óoooooodeo!

Com três em casa a coisa complica… e muito!!

Quando fiquei grávida do Felipe fiz o enxoval em Miami e Orlando, como contei aqui e aqui. Trouxe pouquíssimos brinquedos, preferi investir nas roupas, acessórios de higiene. Porque os brinquedos, na maioria das vezes são grandes! E o que eu não queria era chamar atenção na alfândega, né?

E agora, com quase 5 meses, Felipe já precisa de distrações. Já não se contenta em ficar no carrinho, berço ou cadeirinha. Então procurei um Jumperoo, um brinquedo bem legal onde a criança fica encaixada, brincando e pulando.… Leia Mais...