15 jul 2015

Miniférias no Beto Carreiro {Post1}

Post por Lucia Laureano às 14:53 em Lucia Laureano, Viagens

imageJulho é mês de férias da galerinha, mas nem sempre nós adultos temos disponibilidade de tirar férias neste período, afinal de contas todo mundo que tem filho acaba querendo o mesmo período e é uma fila de candidatos! Eu até previ minhas férias para julho,, mas na hora de formalizar com o chefe dei mole e perdi a vez. O jeito foi chorar uns dias pra pagar depois e partir para o plano de miniférias!

Confesso que pensando em um horizonte de 7 dias cogitei destinos como New York e Cancun, até consegui excelentes preços, mas fazendo as nossas contas direitinho, o que cabia no bolso direitinho era Balneário Camburiú, com o apelo de conhecer o parque do Beto Carreiro.

Procura passagem aqui e ali e a melhor oportunidade que encontrei foi um voo novo, da Azul, que saía por menos de R$300,00 por pessoa. Me falaram que procurando bem da pra conseguir voos para Joinvillle por R$80,00.… Leia Mais...

10 jul 2015

Um ato solitário, único e indivisível

Post por VeronicaCobas às 11:29 em Crônicas, Verônica Cobas

Escrever é um ato solitário, único, indivisível, por mais que revisemos, rasguemos as folhas, tentemos recomeçar a partir de um mesmo parágrafo. E não é diferente de viver, por mais que estejamos permanentemente – o círculo fisiológico do dormir e acordar parece sempre um estímulo à ideia de um novo começo – dando início a novos ciclos. Não há dor, pelo menos ao meu olhar, no que é solitário. A adjetivação da expressão solidão é que soma ao momento solitário uma série de outros sentimentos do ontem e do amanhã. Porque estar sozinha não significa necessariamente estar abandonada, ou desprezada, ou empurrada para o poço fundo e escuro do desapego. Não representa a certeza de se tem menos valia, do “ninguém me ama”, do ” o que foi que eu fiz de errado”.

Amar é um ato solitário, único, indivisível, por mais que o associemos à troca, ao compartilhamento, como se não fosse possível amar sem escambo, sem declarações expressas e permanentes – em duas vias autenticadas, por favor.… Leia Mais...

08 jul 2015

Pompons de Lã – PAP

Post por Priscila às 00:00 em Decoração, Festas, Handmade, Priscila Resende

Lembram do post da Festa Princesa Sofia da Duda? Quem ficou com vontade de fazer pompons!?

Eu adorei fazer e adorei o resultado! Então resolvi vir aqui mostrar um passo a passo bem simples.

As fotos não estão muito boas… Acabei registrando com o celular, com uma luz ruim… Mas dá pro gasto!

IMG_1103

Passei um rolo inteiro de lã em volta de uma cadeira.

IMG_1105

 

Com o finalzinho da lã, dei um nó a cada 4 ou 5 dedos ao longo da lã.

IMG_1106

IMG_1108

Depois cortei um dos elos na metade.

IMG_1109

E, por fim, cortei todos os elos. O nó que eu dei fica exatamente no meio pra ficar um pompom bem redondo.

 

IMG_1112

Se ainda assim ficar um ou outro lado maior, é só ajustar com a tesoura. Quanto mais lã mais bonito fica o pompom!

IMG_1206 IMG_1528

Fácil, né? Vamos encher a vida de pompons!??

Bjs.… Leia Mais...

26 jun 2015

Essa semana…

Post por VeronicaCobas às 13:39 em Crônicas, Verônica Cobas

Essa semana, um assunto tomou conta das redes sociais e dos programas vespertinos de televisão – o que prova que, tantas vezes, esses dois segmentos parecem iguais na amplificação de bobagens e na exploração desmedida do sofrimento alheio. Foi a cobertura da morte do cantor sertanejo Cristiano Araújo em um acidente automobilístico. Enquanto nas redes web uma grande quantidade de pessoas falava e até ironizava o desconhecimento sobre quem era a figura que gerava tamanha comoção, os programas de televisão – em especial aqueles entremeados por duzentos e cinquenta mil inserções publicitárias realizadas ao vivo, vendendo de cogumelo solar a colchão usado pela Nasa – externavam a morbidez midiática, falando do tema em seus mínimos detalhes. Mas é que os programas estavam respondendo a um claro interesse de uma parcela imensa da população, que não só conhecia o cantor e suas músicas, mas que – em sua grande maioria – é o mesmo público que adora esses programas que não buscam informação, mas impacto emocional travestido de audiência.… Leia Mais...

25 jun 2015

Papo Mulherzinha: lápis de sobrancelha “Quem disse Berenice”

Post por Lucia Laureano às 00:01 em Beleza, Lucia Laureano

Quem acompanha este blog desde os primórdios, sabe que a maquiagem entrou na minha vida há pouco tempo. Sim, até a Duda fazer um aninho eu gostava mesmo era de andar de cara lavada! Passadas as fases: menina pele de pêssego e mãe 24 horas, chegou a fase da mulher pós 30, onde o viço do rosto começou a precisar de uma certa ajudinha. Foi aí que eu descobri que Lancome e MAC eram minhas melhores amigas e que o segredo de um rostinho iluminado estava ali!

Comecei usando apenas base e rímel, para dar uniformidade a pele é destaque aos olhos, depois veio o blush e hoje não saio de casa sem uma necessaire – da Flavia Thomé, é claro! – lotada de um arsenal imenso de segredos de beleza!

Apesar disso, ainda me considero amadora no quesito e vou descobrindo novos aliados a cada dia. Na minha lista de descobertas, acabou de entrar mais uma arma que vem me acompanhando todos os santos dias: o lápis de sobrancelha da “Quem disse Berenice?”.… Leia Mais...